Notícias

Voltar
Postado em: 09/08/2018 - 14h39 | Redação

Químicos articulam campanha salarial 2018

Os trabalhadores do setor químico, com data-base em 1º de novembro, já estão organizando a campanha salarial 2018.  As reuniões com outros sindicatos que negociam conjuntamente e fazem parte da Fetquim (Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico) já começaram. “Estamos alinhando uma pauta conjunta e a prioridade é garantir direitos e repor a  inflação com ganho real”, explica Deusdete José das Virgens, diretor do Sindicato e secretário de Administração e Finanças da Fetquim.

A inflação no último período subiu muito.  A estimativa para a data-base dos químicos é de  4,16%, de acordo com o IBGE.   “O país está em recessão e o desemprego só aumento, fruto do desgoverno de Temer.  Nós sabemos que os patrões irão endurecer na hora de negociar um reajuste na casa de 5% ou mais”, avalia Osvaldo Bezerra, coordenador do Sindicato, por isso estaremos junto com outras categorias nos mobilizando nesta sexta (10 de agosto).

Na opinião do sindicalista, só  a mobilização dos trabalhadores pode reverter esse quadro. “No segundo semestre grandes categorias estão em negociação. Unindo esforços e ganhando as ruas podemos virar esse jogo”, avalia Bezerra.