Notícias

Voltar
Postado em: 09/08/2018 - 14h37 | Redação

Bancários rejeitam proposta patronal e engrossam dia do Basta

Os bancários rejeitaram em assembleia, ontem (8), a proposta feita pela bancada patronal que prevê reajuste de acordo com a inflação, sem ganho real.  “Incompleta e insuficiente”, definiu a presidenta do sindicato da categoria em São Paulo, Osasco e Região, Ivone Silva

A categoria tem data-base em 1º de setembro. Segundo a dirigente, a lucratividade do setor é gigantesca e uma proposta que não contemple aumento real não será aceita.

Os representantes dos bancários lembram que a Fenaban também não apresentou garantia contra contratações precárias, implementadas pela “reforma” trabalhista,  nem quis discutir garantia de emprego. “Vivemos um momento de golpe no país. E temos de estar preparados. É nenhum direito a menos”, afirmou a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira. Os bancários permanecem mobilizados e estarão presentes no Dia do Basta, amanhã (10), ao lado de outras categorias que negociam no segundo semestre, como metalúrgicos, petroleiros e químicos.