Notícias

Voltar
Postado em: 07/06/2018 - 11h23 | Redação

Temer rebaixa previsão do salário mínimo para 2019

O salário mínimo, reajustado abaixo da inflação em 2018, não será mais de R$ 1.002 no próximo ano, como havia anunciado o governo. A nova previsão caiu para R$ 998, segundo nota técnica do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias divulgada pela Comissão Mista de Orçamento.

Desde que o governo Temer assumiu o poder, interrompeu a política de valorização do salário mínimo, que vinha sendo adotada pelos governos Lula e Dilma.   

O governo deixou de reajustar o mínimo pela inflação, contrariando a Lei 13.152, de 2015, sancionada pela ex-presidenta Dilma Rousseff, que vincula o reajuste ao resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores mais a variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior.

Nos dois últimos anos, o aumento foi de 8,41%, de R$ 880 para R$ 954, enquanto o INPC-IBGE, parâmetro legal para as correções, somou 8,78%.

Neste ano, por exemplo, a diferença entre o reajuste dado pelo governo (1,81%) e o INPC acumulado no ano passado (2,07%) foi de R$ 1,78. Ou seja, o salário mínimo, que serve de referência para cerca de 48 milhões de pessoas – sendo 23 milhões de aposentados, deveria ser R$ 955,78 – e não R$ 954.