Notícias

Postado em: 21/11/2017 - 12h29 | Redação

Marcha reforça luta contra o racismo

A 14ª Marcha da Consciência Negra, realizada em 20 de novembro, em São Paulo, teve que driblar a ação do prefeito João Doria (PSDB) que tentou impedir a saída do carro de som, do vão livre do Masp.  Mesmo sob a ameaça de multa os manifestantes partiram em caminhada até o Teatro Municipal.    

Uma delegação de dirigentes e trabalhadores químicos participou do ato que reforçou a luta contra o racismo, o genocídio e reivindicou um projeto político direcionado para o povo preto. De acordo com os organizadores, mais de 15 mil pessoas participaram do ato que também lembrou o impacto do golpe sobre a população negra, a maior prejudicada pela reforma trabalhista que retirar inúmeros direitos.  

Para mais informações sobre atos em todo o País, acesse o site da CUT.