Notícias

Postado em: 08/02/2018 - 10h48 | Redação

Dia 19 de fevereiro é greve geral em todo o Brasil

O governo Temer deve colocar em votação a reforma da Previdência na semana do dia 19 de fevereiro, logo após o Carnaval. A data correta da votação ainda não se sabe, mas o movimento sindical resolveu bater o martelo na data da greve, que será dia 19.

Os motoristas de ônibus de São Paulo já fizeram a assembleia de aprovação da greve, assim como metalúrgicos, bancários e demais categorias de trabalhadores. “Dia 19 é greve nacional no Brasil inteiro contra a reforma da Previdência. Não sei se eles vão votar no dia 19, 20 ou 21. Mas não vamos ficar correndo atrás do calendário deles. Vamos parar todos os trabalhadores do Brasil. Não só o transporte. Vamos parar servidores públicos, professores, metalúrgicos, todos”, disse Vagner Freitas, presidente da CUT.

A afirmação feita pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que colocará a reforma da Previdência em votação no dia 20 “para garantir a mobilização para que possa encerrar esse assunto no dia 20, dia 21, 22 ou, no limite, dia 28” contribuiu para reforçar a decisão de greve nacional. A data ainda não foi definida porque o governo não tem os 308 votos necessários para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 da reforma da Previdência, mas Maia acha que o Brasil precisa da reforma que restringe o acesso à aposentadoria de milhões de brasileirosDia 19 de fevereiro é greve geral em todo o Brasil