Notícias

Voltar
Postado em: 06/06/2018 - 16h55 | Redação

Centrais lançam Agenda Prioritária e anunciam mobilização nacional

Sete centrais sindicais se reuniram hoje no auditório do Sindicato dos Químicos de São Paulo para anunciar uma Agenda Prioritária que será apresentada aos candidatos à Presidência da República e ao Congresso Nacional.

As centrais criticaram a criminalização do movimento sindical e defenderam o direito do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participar das eleições. “Os golpistas não têm um projeto nacional de desenvolvimento. Mais que golpistas, são entreguistas”, afirmou o presidente da CUT, Vagner Freitas.

As centrais também definiram o dia 10 de agosto como dia nacional de luta.  Um documento com 22 itens foi lido e aclamado pelo plenário. “Desde 2004, as centrais sindicais constroem um conjunto de ações. Junto com as marchas, nós construímos propostas”, disse o diretor-técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, que coordenou as discussões. O objetivo, lembrou, é “fazer o debate público e influenciar o processo eleitoral”. Confira aqui a íntegra do documento.