Conjunturas Setoriais

Postado em: 10/08/2017 - 10h52 | Valor Econômico, 01/08/2017

Farmacêutico

Hypermarcas reitera meta de maior resultado em 2017

Maior farmacêutica do país, a Hypermarcas reiterou a meta de encerrar 2017 com resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) das operações continuadas de cerca de R$ 1,2 bilhão, equivalente a crescimento de 6%. No semestre, o Ebitda somou R$ 668,3 milhões, indicando a rota para sua meta.

"Já tendo alcançado Ebitda no semestre de R$ 668,3 milhões e diante de diversas outras variáveis, como resultados de geração de demanda por seus produtos, a Hypermarcas acredita que está bem posicionada para atingir o guidance", disse Claudio Bergamo, presidente, a analistas. A expansão no trimestre foi de 4,6%, para R$ 318,9 milhões, com alta menor do que o potencial devido à ruptura nos estoques acima da média histórica.

Ele disse que o crescimento das vendas no período correspondeu à real taxa de expansão da demanda pelos produtos da companhia no ponto de venda. Enquanto a receita líquida cresceu 5,6%, a R$ 852,3 milhões, a demanda avançou cerca de 10%. "Esse descompasso se deveu principalmente à falta de produtos acima da média histórica. Sem esse efeito, o crescimento das vendas teria sido de 10%", disse.

A ruptura de estoques, que levou ao não atendimento de pedidos da ordem de R$ 35 milhões, é explicada por uma diferença entre as previsões de venda e de produção. Segundo Bergamo, a Hypermarcas iniciou o trimestre com estoques baixos e previsão de vendas mais conservadora. "A demanda reagiu a partir de maio, e não houve tempo para a produção reagir."

Agora, a empresa trabalha na recomposição de estoques para que, neste trimestre, seja possível atender à demanda e até a que não foi atendida no trimestre.

"A falta de produto é um bom problema, porque significa que a demanda está bem. A empresa vem trabalhando para se certificar de que isso não ocorra", afirmou. "A gente vem trabalhando desde julho na recomposição de estoques de forma que possa, neste trimestre, atender a demanda e, eventualmente, também a que ficou para trás", reiterou.