Conjunturas Setoriais

Postado em: 02/06/2017 - 11h16 | Valor Econômico, 02/05/2017

Farmacêutico

Hypermarcas: Controladores não estão negociando venda de participação

 O presidente da Hypermarcas, Claudio Bergamo, reiterou nesta terça-feira (2) que não há, neste momento, negociações em andamento relativas à venda do controle da companhia ou à fusão com outra empresa, bem como não há instituição financeira contratada para essa finalidade.

“Com relação a diversas matérias na imprensa, conforme já comunicado ao mercado, inexistem quaisquer tratativas dos controladores relativas à venda de sua fatia na empresa”, afirmou Bergamo, em teleconferência com analistas para comentar os resultados. “A empresa não está negociando fusão e nem contratou bancos para auxiliá-la em operações dessa natureza”, disse.

Na semana passada, o Valor informou que a companhia estaria em busca de oportunidades de fusão no país, preferencialmente com outro laboratório de capital nacional, segundo fontes da indústria.

Antes, o jornal “O Globo” informou que o dono da Hypermarcas teria recebido três propostas de multinacionais interessadas em comprar a empresa.

E, de acordo com informação publicada pela agência de notícias “Reuters”, a Johnson & Johnson, a Novartis e a Takeda Pharmaceutical estariam em negociações com o bloco de controle — Igarapava Participações e Maiorem SA de CV, que detêm uma participação combinada de 34% — para compra da companhia