Conjunturas Setoriais

Postado em: 02/06/2017 - 11h24 | Valor Econômico, 08/05/2017

Químico

AkzoNobel recusa oferta de compra da PPG pela terceira vez

NOVA YORK -  A holandesa AkzoNobel recusou pela terceira vez uma oferta de compra feita pela americana PPG, dessa vez no valor de 24,6 bilhões de euros (US$ 27 bilhões).

A Akzo, dona da brasileira tintas Coral, novamente argumentou preferir seu próprio plano de renovação dos negócios e divulgou nota em que afirma que após "uma extensa revisão e cuidadosa consideração, incluindo o engajamento direto com os membros do conselho da PPG, conclui que a sua nova estratégia própria oferece uma rota superior para o crescimento e criação de valor a longo prazo”.

O desfecho foi desfavorável também ao fundo Elliott, o investidor ativista que estava promovendo as negociações do negócio.

O plano solo da Akzo inclui o desmembramento ou a venda de sua divisão de especialidades químicas.